Reatamento diplomático Cuba-EUA: Governo brasileiro marca golaço ao financiar o Porto de Mariel

bloglimpinhoecheiroso

Cuba_Porto_Mariel04 Ponto estratégico: O Porto de Mariel, financiado pelo governo federal, fica a 200 quilômetros da costa dos EUA.

Patrícia Campos Mello

Com o Porto de Mariel e outros inúmeros investimentos em Cuba o Brasil é um dos países que estão melhor posicionados para se beneficiar da queda do bloqueio norte-americano à Ilha, cuja negociação foi anunciada na quarta-feira, dia 17/12.

Alvo de ferrenhas críticas, o Porto de Mariel foi financiado pelo BNDES, está apenas 200 quilômetros da Costa da Flórida. Depois da dragagem, já será concorrente dos portos de Kingston, na Jamaica, e das Bahamas, bastante movimentados.

O raciocínio do governo brasileiro sempre foi o de “entrar antes da abertura para já estar lá quando caísse o bloqueio”.

A estratégia se provou acertada.

Patrícia Campos Mello é repórter especial da Folha e escreve sobre economia e política internacional.

***

Leia também:
Reatamento diplomático Cuba-EUA: Apesar de dia histórico, Raul Castro…

View original post mais 5 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: