Paulinho da Força é condenado por improbidade. Enganou 72 famílias

andradetalis

Paulinho

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) manteve a condenação por improbidade administrativa contra o deputado federal Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força, que liderou os deputados que votaram na lei do emprego terceirizado. Em decisão unânime, os magistrados rejeitaram apelação do deputado e de outros 11 condenados por desvio de recursos públicos

Paulinho, do Solidariedade, é acusado de desvios do Programa Banco da Terra na região de Ourinhos, interior de São Paulo, na década de 2000. De acordo com o Ministério Público Federal, a Força Sindical e um ex-prefeito de Piraju (SP) intermediaram a compra de uma propriedade que teria sido supervalorizada.

O MPF aponta que os recursos foram parcialmente desviados, mediante superavaliação da propriedade rural. A ação apura ainda que “houve falsificação da proposta de financiamento da Fazenda Ceres e seus projetos” e superfaturamento da ordem de 77,30%. O dinheiro foi desviado, segundo a…

View original post mais 104 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: