Intolerância religiosa: criança de religião Afro é agredida com pedras

VAMOS CONTEXTUALIZAR

Em tramitação na Câmara o suposto projeto de lei que visa criminalizar a “cristofobia”, o Brasil perde a razão, o bom senso, e a laicidade, cedendo ao cristianismo, remontando à era medieval.

Uma menina de 11 anos que trajava roupas de santo, orgulhosa do seu Yawô, foi atacada quando após o término do culto-afro voltava para sua residência por dois homens, que com xingamentos e pedras, deixaram a vítima ferida.

A criança ficará marcada não apenas pelas cicatrizes do objeto que lhe fora acertado na cabeça, mas também pela intolerância religiosa ao seu credo. Intolerância que parte daqueles que tanto pedem respeito.

O que dirá Marco Feliciano, que cobra e exige respeito ao seu credo, ante a representação simbólica de uma travesti crucificada em analogia ao Cristo pregado na cruz, defronte a este ataque à raiz negra deste espaço chamado Brasil, no grave caso de desrespeito à laicidade?

View original post mais 61 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: