Crise na Grécia gera ganhos de US$ 110 bilhões para Alemanha, mostra estudo

Luíz Müller Blog

Parlamento alemão aprovou terceiro resgate à Grécia

A crise grega dominou as manchetes mundiais nos últimos meses e gerou mais um debate: quem se beneficiou com ela? E quem saiu prejudicado?

Em uma análise simplista e baseada em estereótipos, a complexidade da crise foi reduzida a uma disputa entre o cidadão alemão ‘responsável e trabalhador’ e o grego ‘preguiçoso e descansado’.

Não importa que as estatísticas da própria União Europeia mostrem que os gregos trabalham até mais horas que os alemães.

O estereótipo facilita a propagação de um determinado discurso graças a uma simplificação funcional das manchetes que saem na mídia e da fala de políticos diante de câmeras de TV.

Esse discurso parte da premissa de que a principal contribuinte europeia para o resgate grego, a Alemanha, tenha sido a grande prejudicada com o cenário da crise.

Essa tese dominou o debate no Parlamento alemão na…

View original post mais 830 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: